Lisboa, 27 e 28 de Março
Centro Cultural de Belém
Pr. do Império, 1449 Lisboa.

A Conferência VIH Portugal 2009: Trabalhar em conjunto para o diagnóstico e cuidados precoces da infecção por VIH visa reunir os principais responsáveis e intervenientes portugueses para acordar um entendimento comum sobre o papel dos testes de VIH e do aconselhamento na optimização do diagnóstico e na instituição precoce dos cuidados de saúde. O objectivo último é melhorar os resultados dos cuidados instituídos, reduzir a morbilidade e mortalidade relacionadas com o VIH e diminuir a incidência da infecção em Portugal.

Diversos problemas associados ao VIH assumem, na actualidade, particular pertinência em Portugal e na Europa: a percentagem de infecções por VIH registadas praticamente duplicou entre 1998 e 2005; em Portugal a infecção por VIH permanece como causadora de significativa morbilidade e mortalidade; a proporcionalidade dos diversos factores de risco de transmissão têm vindo a alterar-se e é urgente conhecê-los com rigor; importantes questões relacionadas com os direitos humanos afectam a igualdade de acesso à prevenção, aos testes e cuidados de saúde; e um número substancial de pessoas infectadas com VIH desconhece a sua seropositividade.

O VIH Portugal 2009 tem por objectivo promover um debate amplo e estruturado de diversos aspectos relacionados com o teste e diagnóstico da infecção por VIH em Portugal, no sentido de diminuir a proporção de indivíduos ainda por diagnosticar, para benefício da saúde pública e individual.
A formulação de um conjunto de recomendações, solidamente fundamentadas, parece-nos ser um contributo importante para definir uma estratégia nacional de diagnóstico da infecção por VIH que permita alcançar esse objectivo. É também claro que, para o sucesso desta estratégia, é indispensável o empenhamento de todos os actores relevantes; profissionais de saúde, investigadores, instituições públicas e privadas, a indústria, os decisores e líderes políticos, as pessoas que vivem com VIH e a sociedade civil no seu conjunto. Desta reunião é esperada uma reflexão profunda sobre alguns aspectos essenciais ligados ao problema do diagnóstico e tratamento da infecção por VIH, objectivada em conclusões que permitam e fundamentem a produção de um ulterior documento de recomendações nacionais para o diagnóstico e cuidados de saúde precoces da infecção VIH quanto ao diagnóstico precoce e aos cuidados de saúde no quadro da infecção por VIH.

O que marca a diferença nesta conferência?
Pela primeira vez, os principais intervenientes portugueses na área do VIH/SIDA, entre os quais pessoas infectadas, investigadores, profissionais de saúde, associações, organizações das comunidades mais atingidas, sociedade civil, e políticos reúnem-se para debater e actuar no sentido de se resolverem questões críticas relacionadas com os testes e cuidados de saúde relativos à infecção por VIH. A organização do evento é dirigida por um grupo de peritos – a Comissão Organizadora – que se reuniu com o propósito de trabalhar para a optimização do diagnóstico e dos cuidados precoces para o VIH em Portugal.

Quem serão os participantes?
A conferência procura incluir os responsáveis nacionais pelas políticas relacionadas com o VIH e de saúde pública, grupos de divulgação e defesa, clínicos e outros prestadores de cuidados de saúde e investigadores. Apoiada pelos mais importantes organismos portugueses e internacionais no domínio do VIH/SIDA, a conferência constitui uma oportunidade única para todos os interessados contactarem com os seus pares e com os decisores políticos responsáveis pela criação e implementação de regulamentação nacional.

Programa da Conferência
Fonte: GAT
Endereço web: http://gatportugal.org/

Comments are closed.