Os princípios orientadores da actividade da Positivo São:

Assegurar o respeito integral dos direitos humanos das pessoas que vivem com VIH/Sida.

Aumentar o poder de envolvimento das pessoas que vivem com VIH/Sida no controlo e na supervisão das decisões que os afectem.

Garantir a aplicação dos compromissos nacionais e internacionais assumidos pelo Estado Português.

Promover uma maior união e solidariedade que permita a inclusão das pessoas que vivem com VIH/Sida.

Prover um serviço permanente de apoio inter-par, psicológico, social e jurídico para pessoas infectadas e afectadas pelo VIH/Sida.

Facilitar o acesso das pessoas seropositivas – inclusive de migrantes (in)documentados – aos cuidados de saúde e a informação sobre o VIH/Sida, bem como sobre a coinfecção com hepatites e tuberculose.

Fomentar e disseminar grupos de auto-ajuda e apoio inter-par a nível nacional.

Contribuir para uma melhor adesão à terapêutica instituída e para um maior conhecimento sobre a mesma.

Promover programas e acções de prevenção secundária e terciária, dirigidos para pessoas seropositivas.

Promover programas e acções de prevenção primária, dirigidos para grupos vulneráveis ao VIH/Sida.