Nem todas as pessoas infectadas ou afectadas pelo VIH/SIDA estão preparadas ou expressam vontade para entrar num Grupo de Apoio de Auto-Ajuda.

Contudo isto não quer dizer que não possam ser ajudadas pelos seus semelhantes, e por isso a associação disponibiliza um serviço de apoio inter-par individual. Neste a pessoa infectada pelo VIH/SIDA poderá ter o apoio de outro seropositivo, que pela sua formação, experiência pessoal e contacto com outros seropositivos poderá ajudar a solucionar algumas questões.

Por outro lado este apoio serve também para que as pessoas possam falar abertamente de um assunto que no seu quotidiano é tabu: a sua seropositividade e tudo o que esta comporta.

Neste apoio poderá também usufruir de aconselhamento sobre a terapêutica, ficando assim esclarecidas dúvidas acerca das terapêuticas, dos seus efeitos secundários, da gestão destes últimos, entre outros.

Trata-se no fundo de uma conversa inter-par em que todo e qualquer assunto poderá ser falado, e em que as respostas dadas se baseiam não só em algumas formações às quais se submete o conselheiro, mas também em dados empíricos que recolheu da sua experiência pessoal e com a convivência com outros seropositivos.